Tag: Cédula dólar

12Mar
Coluna Dominical

Cédula de Dólar faz delação premiada

-12 de março de 2017

Luis Felipe Nascimento (*)

– Oi, amiga. Quanto tempo não te vejo!

– Pois é, pena que a gente tenha se reencontrado logo numa delegacia da Polícia Federal! E tu, por onde andavas?

– Tu acreditas que fui repatriada da Suíça? Agora aqui prestando depoimentos e sendo fotografada. Já pediram o meu número de série e querem saber os lugares por onde passei.

– E eu que estava em New York e por descuido caí no bolso do Eike. Quando cheguei no Brasil, fui presa e me trouxeram para esta delegacia. Me acusam de “dinheiro sujo”!

– A minha situação é mais complicada! Já fui transportada em sacos de lixo e escondida embaixo do colchão. Acabei numa conta secreta na Suiça.

– Nossa! Deves ter vivido muitas emoções!

– A mais engraçada foi quando me colocaram na cueca e eu comentei: “aqui fede”, e o Ben (Benjamin Franklin) entendeu que estávamos no FED (Sistema de bancos centrais dos EUA).

– Kkkk, eu conheço bem como funciona o FED, acho que ele fede tanto quanto esta cueca!

– Pois é, a minha sorte é que a “operação cueca” era para “lavar dinheiro” e logo voltei a “ficar limpinha”!

– Por que você entrou neste mercado sabendo que é ilegal?

– Porque eu andava me sentindo desvalorizada e eles me prometeram me mandar para a Suíça. Eu sou uma cédula antiga e desbotada, achei que era hora de ir para um cofre seguro.

– Escuta, eu sou a próxima a ser chamada, o que eles te perguntaram no interrogatório?

– Querem saber tudo! Por que mãos nós passamos e qual era o objetivo da transação. Se entramos e saímos ilegalmente do país, se era doação oficial ou caixa 2.

– E se aceitarmos a delação premiada o que irá acontecer?

– Vão ficar com os nossos dados e monitorar por onde andarmos, como se tivéssemos com uma tornozeleira eletrônica.

– Que vergonha! Lembro-me de quando tínhamos lastro em ouro e éramos valorizadas. E agora, você envolvida com a corrupção e eu chamada de dinheiro sujo.

– Amiga, o mundo mudou! Eu sei que tu sonhavas em virar um quadro num museu, mas o nosso futuro é a incineração. Em pouco tempo não mais existirá cédulas em papel e nem cartão de crédito, as pessoas vão pagar tudo com o celular. Os nossos dias estão contados!

– Acho que o maior culpado é o sistema financeiro que não seguiu o propósito que os Fenícios deram ao dinheiro. Hoje o dinheiro não é mais usado só para facilitar as trocas comerciais. Os investidores só querem saber de papéis, de fazer subir ou descer as ações praticando um jogo sujo.

– O jogo pode ser sujo, mas é legal!

– Legal? Legal porque quem faz as leis é financiado por quem inventou e lucra com este jogo!

– Amiga, cai no “real”!

– Chega pra mim. Vou me aposentar e cuidar dos meus netinhos de 1 e 5 dólares e…

– Dona Cédula de Cem Dólares com número de série E09724307A compareça a sala do delegado.

– Lá vou eu!

– Boa sorte, amiga!

(*) Luis Felipe Nascimento é Professor na Escola de Administração da UFRGS

Contato: nascimentolf@gmail.com